Soneto decassílabo sobre a maçã

As férias estão quase acabando. O Brasil já bateu o recorde de medalhas em Pan-americanos. Mas mesmo assim continua atrás da “Paquetá diabética” e dos “EUA” (“Bem-vindo ao Congo”). Mas nada disso importa mediante uma publicação chocante para a literatura brasileira.

Explicação: como prometido durante o ano de 2005 e relembrado durante um “evento de confraternização”, segue o soneto decassílabo sobre a maçã.

Observação: eu não aprendi a contar muito bem!

Segue:

 

Maçã! Maçã? Maçã. Idiota

o tema desse soneto louco.

Mas promessa é a salada,

o primeiro prato da amizade.

 

A fruta querida da marmota

é muito mais do que um pouco

daquele doce mel, marmelada,

que une toda a adversidade.

 

Esférica, vermelha, gostosa,

é fruta do mundo temperado

e do mundo subdesenvolvido.

 

Personificação maravilhosa

da Democracia e amizade.

Muito mais do que idiotice.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: