Aaaaah, o inverno!

Nota do autor: esse é um post em resposta ao post Ahhhhh, o verão!, do Arari. 

Acho que nasci na cidade errada, porque sempre que posso tento fugir do calor. E quando vem aquele friozinho que não se cansa de descer sobre a cidade, torço – sem sucesso – para que ele continue eternamente. Concordo que tirar o sol e calor do Rio de Janeiro é uma heresia, mas vá lá, não precisa ser tão quente.

Me sinto um alien quando comemoro a frente fria no Rio, mas tenho que ressaltar seus pontos positivos.

Sinceramente? Chegar com a bunda e as costas molhadas em casa (ou em qualquer lugar), é um saco. Levantar o braço e ostentar aquela pizza com queijo extra e borda de catupiry é humilhante e constrangedor. Nem precisa ser a circunferência completa, uma fatia já incomoda.

Você não tem como evitar o calor. A sua reação natural é ficar com a menor quantidade de roupa possível, mas às vezes chega-se a um calor tão exaustivo que a única opção é ficar pelado e entrar no banho frio. E nem sempre isso é possível. O frio carioca nunca chegará a limites tão extremos. Sempre uma calça e um casaco resolvem o assunto; se tiver bolso, melhor, tem como colocar as mãos no bolso. Plenamente com fácil solução.

Tirando o fato de que as mulheres bonitas da nossa cidade realçam sua beleza quando estão com roupas de frio (especialmente uma). Nada da vulgaridade de um biquíni ou mini-saia: roupas de manga comprida ou com gola role são particularmente inebriantes.

Um amigo meu insiste em afirmar que não há nada como ir a praia em clima frio. Sol e temperatura amena combinam perfeitamente: não há o desgaste do sol, de sentir a pele queimando. Voltar para a casa com o corpo incomodado, demorar pra dormir. Ter que ligar o ventilador ou o ar-condicionado. Nada disso! E veja só: no frio, você gasta menos energia!

O frio deixa tudo mais agradável.

E deixa as pessoas mais agradáveis. Prova disso está, por exemplo, em dois filmes. Tanto Faça a Coisa Certa (Spike Lee, 1988) ou Amarelo Manga (Cláudio Assis, 2003) retratam situações extremas que acontecem em um dia de calor fora do comum. Nunca que em um dia de frio as pessoas vão sair matando as outras, quebrando vidraças e criando confusões racistas no meio da rua. Não tem clima pra isso.

No frio, tem mais conversa e menos reclamação. Não tem estresse. Até uma cervejinha aquece o ânimo. Dá pra apreciar melhor o sorvete. Juntar a galera num barzinho quentinho. A night fica mais agradável – pagode e churrascos a céu aberto que nada, fala sério!

Hoje a noite não foi tão gelada assim, mas fiz o programa perfeito para um fim de noite agradabilíssimo no clima frio: comi um fondue de queijo e assisti a um filme abraçadinho com minha namorada. No calor, teria comido bife com batata frita e cada um teria visto o filme em sofás diferentes. Vejam a diferença.

I rest my case.

2 Respostas to “Aaaaah, o inverno!”

  1. Massa Says:

    Vamos por etapas, já que eu sou o único que comenta nessa porra de blog (coé, Velho Lobo?).

    Desculpe, Laura, mas o seu namorado é viado. Duas passagens do texto confirmaram isso – além do fato dele gostar de Gilmore Girls e ter chorado quando viu o último episódio:

    1-Não há nada mais estonteante do que mulheres de biquinis e mini-saias, sério, pára, cara. Essas peças de roupa foram inventadas para ressaltar toda a beleza das curvas femininas e provocar os homens. Gola role e camisas de manga comprida são um retorno ao passado, à época em que mostrar os cotovelos era sinônimo de vadiagem!

    2-E se, mesmo no calor, você não gosta de ficar juntinho da sua mulher, bom, acho melhor você ir procurar o alento de algum macho que o satisfaça. Porque calor algum me deixaria longe da minha namorada, além do fato de, como você bem colocou: “Você não tem como evitar o calor. A sua reação natural é ficar com a menor quantidade de roupa possível, mas às vezes chega-se a um calor tão exaustivo que a única opção é ficar pelado”.

    Agora sim, I rest my case!

  2. Massa Says:

    Post número 2: quem é o seu amigo que prega a ida a praia com clima ameno e solzinho? Gênio, esse menino!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: